Informática

Laboratório de Informática Educativa – LIE

 

Professores responsáveis:

Profª. Esp. Fernanda Quaresma da Silva

Estagiários envolvidos:

Olávio Neto

Tábatha Vieira

 

Além do setor ser responsável pelo suporte à Direção, é também responsável pela elaboração de atividades curriculares de cunho didático-pedagógico na utilização dos recursos tecnológicos, de forma interdisciplinar.

São atribuições da Coordenadora de Informática Educacional:

  • Planejamento e execução de propostas, atividades e projetos relacionados à informática educacional;
  • Colaborar na capacitação das Equipes Técnicas e dos professores, para a utilização adequada dos programas e equipamentos de informática como ferramenta pedagógica necessária;
  • Participar de reuniões diversas referentes ao currículo escolar;
  • Participar de cursos, seminários e palestras visando à constante atualização dos programas e equipamentos tecnológicos;
  • Manter e atualizar o portal da Eseba na internet e os serviços a ele relacionados;
  • Promover exposições de atividades e projetos desenvolvidos;
  • Gerenciar os horários para a melhor utilização dos equipamentos e laboratórios;
  • Dar suporte aos funcionários quando houver necessidade do uso da informática em eventos da Eseba;
  • Exercer demais atribuições inerentes à sua função.
  •  

Proposta Pedagógica do LIE

O avanço tecnológico tem propiciado grandes mudanças na forma como lidamos com as informações e como realizamos determinadas atividades no nosso dia a dia. Essas mudanças além de estarem inseridas no nosso cotidiano, perpassam a escola que cada vez mais busca se adequar a um público de jovens que avançam significativamente no modo como lidam com as novas tecnologias, demonstrando que a reconfiguração da prática pedagógica não é apenas interessante, mas necessária. 

A maioria das tecnologias é utilizada como auxiliar no processo educativo. Não são nem o objeto, nem a sua substancia, nem a sua finalidade. Elas estão presentes em todos os momentos do processo pedagógico, desde o planejamento das disciplinas, a elaboração da proposta curricular até a certificação dos alunos que concluíram o curso. (KENSKI, 2012, pag. 44).

 

Este movimento considera o perfil do aluno que nasceu e cresceu com as tecnologias digitais presentes em sua vivência, os chamados nativos digitais (PRENSKY, 2007). Eles veem as tecnologias digitais como aliadas, brincam não tem medo, efetivamente não se concebem sem tecnologia. No LIE todos os trabalhos são mediados por tecnologias que favorecem o aprendizado do aluno de forma a oportunizar que o mesmo busque a informação que necessita de maneira pro ativa.

(...) A imagem, o som e o movimento oferecem informações mais realistas em relação ao que está sendo ensinado. Quando bem utilizadas, provocam a alteração dos comportamentos de professores e alunos, levando-os ao melhor conhecimento e maior aprofundamento do conteúdo estudado. (KENSKI, pag. 45)

 

Ferramentas como Blog, WebQuest, vídeos, dentre outros, embasam os recursos utilizados pela professora de Informática Educativa. Além, dos projetos trabalhados como: Valores Humanos, Scrath, Mapas Conceituais, Stop Motion, etc., também são trabalhados jogos educativos que auxiliam na alfabetização e no raciocínio lógico matemático.

As atividades são desenvolvidas em forma de projetos e os recursos tecnológicos são agregados a estes projetos como ferramenta potencilizadora. Lembrando que os alunos se constituem como autores destes projetos, onde em parceria com a professora são planejados a forma como será executado o projeto, ou seja, qual é o melhor recurso, como serão divididas as duplas que trabalharão juntas, dentre outros.

Além das atividades desenvolvidas contamos ainda com os laptops do programa Um Computador por Aluno – PROUCA, desde 2011. O laptop, conectado à Internet, é um instrumento de apoio à construção do conhecimento em todas as disciplinas. Dotados de uma câmera, a utilização desses laptops transcende a linguagem escrita, utiliza-se também o vídeo e a fotografia como formas de linguagem.

Objetivos do LIE 

O LIE enquanto área de conhecimento tem atuação nas áreas do ensino, da pesquisa e da extensão e tem como objetivo geral desenvolver, aplicar e avaliar metodologias de ensino subsidiadas pelos recursos das tecnologias digitais da informação e da comunicação para o Ensino Fundamental, Educação de Jovens e Adultos e Informática Básica para a 3ª idade.

Os objetivos específicos compreendem:

  1. Aproximar atividades escolares do cotidiano dos alunos (fora da escola eles estão conectados o tempo todo, realizam múltiplas tarefas ao mesmo tempo);
  2. Utilizar os aplicativos e softwares como ferramentas que favoreçam a construção e coordenação do pensamento lógico-matemático;
  3. Orientar a pesquisa na Internet;
  4. Oportunizar o trabalho colaborativo;
  5. Utilizar os aplicativos e softwares para sistematizar conhecimentos;
  6. Utilizar os recursos e mídias do cotidiano dos alunos (Tablets, celular, computador, facebook, blogs, watzap) como potencializadores das práticas educativas.

Projetos de Ensino:

Orientação de pesquisa na internet

Construção de cenas animadas no Scratch

Valores Humanos

Jogos Educativos

WebQuest

Haguaquê

Stopmotion

 

Coordenador Responsável: 
Laboratório: 
Informática Educativa - LIE